Kamishibai ...

... é uma técnica de contar histórias originária do Japão.


Acreditam que só na passada quinta-feira fiquei a conhecer esta tradição oriental, e que está a ser usada actualmente no ocidente ao nível da educação e estimulo para a leitura.

Vocês já tinham ouvido falar em Kamishibai ?

Kamishibai, significa literalmente “drama de papel”, e é uma forma de contar histórias que teve origem nos templos budistas japoneses no século XII. Este método de contar histórias manteve-se durante vários séculos, mas possivelmente só se tomou consciência desta prática nos inícios dos anos 20 até aos anos 50.

No século XIX, o contador de histórias chegava de bicicleta ou a pé e batia com pedaços de madeira unidos por uma corda (hyoshigi) para anunciar a sua chegada às diferentes aldeias. As crianças contentes eram as primeiras a chegar, compravam doces e sentavam-se à volta do cenário.

Um kamishibai é composto por um suporte de madeira onde se colocam cartões ilustrados na frente (que são viradas para os espectadores) e texto nas costas (que é virado para o contador de histórias). Os textos que fazem parte dos kamishibai são claros e directos, histórias simples, com frases curtas e fáceis, e uso de formas verbais básicas. Os desenhos devem ser grandes e com traço simples para que possam ser vistos a certas distâncias.

Esta tradição foi-se perdendo à medida que os anos foram avançando, e desapareceu quase por completo com a chegada da televisão nos anos 1950. No entanto, recentemente o kamishibai foi recuperado pelas bibliotecas japonesas e escolas primárias, e assim surgiu o "Kamishibai educativo".
Actualmente, o kamishibai é considerado como parte da herança cultural japonesa.

Fonte: http://www.kamishibai.com