domingo, 29 de janeiro de 2012

day photos # 029




The Descendants

... uma sessão de cinema a "solo" que me soube muito bem.


... parece mentira, mas é verdade, foi a primeira vez que fui sozinha ao cinema ... lolll ... e nada mais nada menos que à sessão da meia noite :) 
Eu pensei que seria a única pessoa sem companhia na sala, mas não :)

Sobre o filme ... não desgostei, mas já bem melhores :) No entanto foi vencedor de duas categorias do Globo de Ouro - Melhor Filme de Drama e Melhor Ator de Filme de Drama com George Clooney.

É um drama que retrata a experiência vivida por  um homem (George Clooney), após o acidente de barco que a sua mulher sofre. Ele tenta pegar nas rédeas da família e seguir com a vida para a frente. Apesar de algumas surpresas menos agradáveis. As suas duas filhas (Shailene Woodley e Amara Miller), de quem ele era bastante distante, vão ajudá-lo a trilhar o caminho que tem pela frente.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

day photos # 026


... amanheceu assim ...

... mais um desafio !!

... eu adoro desafios e adoro fotografar :)


Descobri através da CandyBabe este desafio lançado pela Art.Soul, que consiste em fotografar todos os dias de Fevereiro, sendo que para cada dia temos uma dica diferente :)

Vamos lá ver se paralelamente à minha foto diária consigo cumprir em Fevereiro este desafio :)

Quem mais se junta ao desafio ? :P

day photos # 025


domingo, 22 de janeiro de 2012

day photos # 022

Selos para a ONU ...

... desenhados por ilustradora Portuguesa.

foto de Paulo Ricca

No último encontro Nacional de Ilustração, que decorreu em SJM tive oportunidade de ter contacto com o trabalho desta jovem ilustradora. Diana Marques foi agora convidada pelas Nações Unidas a criar uma série filatélica sobre espécies animais ameaçadas.

Diana refere que recebeu com surpresa o convite da directora de arte da Administração Postal das Nações Unidas.“Fiquei muito contente quando soube que vai chegar a tantas pessoas, em tantos países”, pois trata-se de uma colecção que a ONU lança todos os anos para sensibilizar as pessoas para a fauna em perigo de extinção. Esta é a 20ª edição e estará à venda a 19 de Abril.

No entanto o prazo era apertado (cinco semanas para ilustrar três folhas com quatro selos cada), por isso, o trabalho envolveu uma planificação cuidadosa. “Houve uma primeira fase de escolha das espécies, baseada numa lista proposta pela ONU; depois tirei uma semana para pesquisar referências e completar esboços. De seguida, parti para o trabalho final”, explica a Diana Marques.

Os “modelos” escolhidos foram o leopardo das neves, o panda gigante, o tigre da sibéria, a iguana verde, o saguim cabeça de algodão, o camaleão orelhas de elefante, o gato do mato pequeno, o papagaio tigre, o lemur cabeça dourada, o axolote, o faisão do Bornéu e a coruja de máscara.




Mais que um processo criativo, a ilustração científica assume-se como uma ferramenta de comunicação, que passa por “escolher uma estratégia para chegar às pessoas e dizer o que a ciência pretende dizer”. O equilíbrio entre a vertente estética e a vertente científica “é muito delicado e é importante ser um ilustrador científico a fazê-lo porque está preparado para tomar decisões”, destaca Diana Marques.

Diana sempre viveu entre estas duas vocações. “São dois interesses que vivem lado a lado desde sempre, mesmo nos testes psicotécnicos tinha sempre classificações muito elevadas em ciências e em artes. Depois acabei por escolher estudar Biologia na faculdade, e estava no segundo ano quando vi o anúncio de um curso de ilustração científica, e é engraçado como “clicou” imediatamente”.

Assim começou um percurso que a levou a ser um dos nomes mais sonantes da área, caminho que passou por uma pós-graduação na Universidade da Califórnia, e pelo trabalho no National Museum of Natural History da Smithsonian Institution, em Washington; no Queensland Museum, na Austrália; e no American Museum of Natural History, em Nova Iorque, entre outros.

Fonte: P3

VIK

... uma exposição que é a maior retrospetiva do artista plástico brasileiro Vik Muniz (n. 1961).



Eu não acredito que estive em Lisboa e não soube desta exposição :( ... ando mesmo distraída ... como já vai termina no dia 29 de Janeiro já é completamente impossível ver.

Nela se pode ver mais de uma centena de trabalhos representativos da trajetória artística de Vik Muniz. Apoiado no uso de materiais pouco convencionais, Vik Muniz imprimiu a sua marca em trabalhos fotográficos realizados a partir de técnicas e elementos tão diversos como papel recortado, sucata, calda de chocolate e algodão. A relação entre os materiais utilizados e a referência a clássicos da história de arte, originou obras emblemáticas como a famosa réplica da “Mona Lisa” de Leonardo da Vinci, feita com geleia e manteiga de amendoim.

foto retirada daqui

Mais recentemente, o artista tem-se dedicado à criação de obras de grande escala, destacando-se a série de imagens feitas a partir de lixo. 

foto retirada daqui

"O momento em que uma coisa se transforma
em outra é o momento mais bonito."

Vik Muniz

Em tempos tive contacto com este documentário que considero impressionante ... foi filmado ao longo de quase dois anos, Lixo Extraordinário acompanha a visita de Vik Muniz a um dos maiores aterros sanitários do mundo: o Jardim Gramacho, na periferia do Rio de Janeiro. Lá, ele fotografa um grupo de catadores de materiais recicláveis. O objetivo inicial de Muniz era "pintar" esses catadores com o lixo. No entanto, o trabalho com estes personagens revela a dignidade e o desespero que enfrentam quando sugestionados a imaginar suas vidas fora daquele ambiente.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Fogaças ...

... deliciosas !!

by Ângela Costa

Hoje os meus formandos trouxeram Fogaças para festejar o dia :) bem gostosas que estavam ...

A Fogaça é um pão doce português muito agradável e hoje realiza-se a sua festa que remonta ao séc. XVI, esta  Festa das Fogaceiras realiza-se todos os anos em honra a S. Sebastião. 

A “Festa das Fogaceiras” data de 1505, altura em que o País foi fustigado por uma “epidemia brava e cruel”, a peste. Então os Condes do Castelo e da Feira, ramo nobre criado em 14 de Janeiro de 1452, apelaram ao Mártir S. Sebastião para que acabasse com o morticínio dos Feirenses, prometendo-lhes a realização de uma festa anual, onde o “voto” seria a “fogaça”!

Existe a Confraria Fogaça o que demonstra a importância desta tradição, e no seu site podemos ter acesso à receita deste doce (AQUI).

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

day photos # 019


Desafio ...


Oh valha-me deus … eu que na gosto nada disto :P … mas já que foi culpa minha a Lemon Drops se render ao mundo virtual, vamos lá responder e lançar o desafio a mais alguém :)

1 - Nome da minha música favorita 
São várias … lolll Eu sei que não sou normal !!
... mas sabem depende mesmo muito do meu estado de espírito :P 

2 - Nome da minha sobremesa favorita 
Chocolate !! Qualquer sobremesa que leve chocolate negro e sem ser muito doce :)
É mesmo algo a que eu não consigo resistir :P 

3 - O que me tira do sério 
A mentira, a hipocrisia e a falsidade.

4 - Quando estou chateada 
É melhor fugirem !!!
Nota-se logo, pois quem anda sempre a sorrir quando se chateia o sorriso desaparece (mas também fico chateada pouco tempo).

5 - Qual o meu animal de estimação favorito? 
Não tenho. Mas prefiro o cão ao gato (claro que depende do gato … lollll).

6 - Preto ou Branco 
Preto

7 - Maior Medo 
Perder quem mais amo.

8 - Atitude quotidiana 
Sorrir diariamente e tentar apreciar cada dia …
Tem dias, mas tento que assim seja ...

9 - O que é perfeito. 
Ser feliz e fazer os outros felizes.

10 - Culpa 
Acreditar demasiado …
Falhar ...


Sete factos aleatórios sobre mim:
1. Os únicos amores da minha vida são os meus príncipes (ela e ele).
2. Passava a vida a viajar se pudesse, quero conhecer o mundo (plagiando a Lemon Drops ficava feliz se pudesse ver uma aurora boreal, atravessar o Atlântico de navio, passar um Natal em NY e um verão em Itália).
3. Não me separo da minha máquina fotográfica.
4. Tenho uma adoração por livros (cá em casa já não há espaço para mais).
5. Adoro ser surpreendida (boas surpresas obviamente).
6. Adoro rebentar as bolinhas de plástico.
7. Saltar de pára-quedas e fazer mergulho é algo que tenho que fazer um dia.


Regras
1. Colocar o link da pessoa que te ofereceu o selo
2. Preencher o formulário das perguntas
3. Oferecer a 10 blogs e informá-los
4. Partilhar 7 factos aleatórios sobre nós


Ora bem e proponho para continuarem: 
1. Opinar Tudo e Todos
2. Lua Cósmica
3. Procura o teu Farol
4. Elefante, é a vida!
5. As minhas receitas
6. Sabores de Canela
7. Pintarriscos
8. Gira aos Quarenta
9. A turista Acidental

day photos # 018

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Tigelas Balão ...

... criadas por Maarten De Ceulaer.




Inacreditável o lindo resultado conseguido por Maarten De Ceulaer usando apenas gesso, corante, balões e, é claro, imensa criatividade e muita vontade de experimentar :) 

Maarten De Ceulaer criou um processo de produção artesanal e muito original de lindas tigelas. É possível ver no video o seu processo de criação e produção.






Fonte: aqui

day photos # 017





... uma das minhas "riquezas" :)

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

day photos # 016


... porque o riso é contagioso :)

Muro da felicidade ...

... em Lisboa.

Mais de 130 fotografias de grandes dimensões foram colocadas nos muros da Avenida da Índia, em Lisboa. É uma iniciativa de três mulheres que querem espalhar gargalhadas e "Pensamento Positivo".


Porque o riso é contagioso Joanne Gatefield, Alexandra Dias e Isabel Pinto, quiseram contaminar a cidade de Lisboa com este vírus positivo. Para isso colaram nas paredes na antiga FIL, na avenida da Índia, retratos de 138 pessoas a rir ou a sorrir, transformando um muro comum da capital num autêntico ‘muro da felicidade’. Algumas são pessoas anónimas, outras são caras conhecidas. Mas todos estes retratos têm em comum a felicidade expressa através do riso ou de um sorriso.

A ideia surgiu quando o fotógrafo francês JR venceu, em 2011, o prémio do TED [Technology Entertainment Design] com o projeto Inside Out, que desafia pessoas individuais ou grupos, de qualquer ponto do globo, a mudarem a sua comunidade através de retratos gigantes que são expostos em sítios públicos “Já conhecíamos o trabalho dele nalgumas cidades, nomeadamente em Paris, e quisemos trazer o conceito para Lisboa”, explica Joanne.

Decididas a avançar com o projeto, escolheram então o lema que serviu de base às imagens expostas em Lisboa. “Não hesitámos em apostar no tema ‘Positive thinking’ tendo em conta os desafios atuais do país. Queremos pôr as pessoas a olhar para a frente, com boa energia e, se possível, com uma grande gargalhada”, explicam.
Fonte: RTP1 e BoasNoticias

day photos # 015











... o encanto e serenidade do Gerês.
Related Posts with Thumbnails