Amadeo de Souza-Cardozo

... homenageado pela Google


O 125º aniversário de Amadeo de Souza-Cardoso está hoje em destaque na página inicial do Google.
O "doodle", que já se tornou uma presença habitual na página inicial do motor de pesquisa, homenageia, hoje, o pintor português, que se destacou entre a primeira geração de modernistas no nosso país.

Esta homenagem traduz-se numa imagem que traz à memória uma das obras de Souza-Cardozo, um óleo sobre tela de título desconhecido com colagem de materiais como areia, espelhos e madeira datado de 1917 (retratado à direita), nas quais se pode ler, como de costume, a palavra "Google".

Amadeo de Souza-Cardoso nasceu em Manhufe, Amarante, a 14 de Novembro de 1887. Em 1905 ingressou no curso de Arquitectura na Academia de Belas-Artes de Lisboa, que acabou por interromper para partir para Paris, mais precisamente para Montparnasse, em 1906.

Na capital francesa teve, pela primeira vez, contacto com as novas correntes artísticas, em particular o Impressionismo e, mais tarde, o expressionismo e o cubismo, que se articularam permanentemente na sua obra, acabando, então, por se dedicar em exclusivo à pintura. Distinguiu-se, em especial, por, nos seus últimos trabalhos, ter explorado novas formas e técnicas, nomeadamente colagens. Morreu aos 31 anos de idade, vitimado pela "pneumónica", doença que, à data, devastava Portugal e que pôs um ponto final precoce na sua carreira.

Apesar de, durante alguns anos, ter ficado algo esquecido no panorama artístico nacional e internacional, Amadeo de Souza-Cardoso não deixou nunca de ser alvo de reconhecimento: em 1925 a França realizou uma retrospetiva do pintor, com 150 trabalhos e, 10 anos depois, em Portugal, nasceu o "Prémio Souza-Cardoso" para homenagear pintores modernistas.

Fonte: Boas Noticias