domingo, 10 de julho de 2011

O BURGO

Um sítio onde podemos descansar os olhos e alimentar a gula ....



Fomos encontrar o restaurante “O Burgo” numa dobra da Serra da Lousã junto à estrada do Castelo. E podemos agora afirmar que é um ponto de paragem obrigatório para os que apreciam os bons sabores tradicionais e as paisagens magníficas.


Construído em 1989, numa antiga azenha abandonada, dedica-se a receitas e sabores tradicionais da Serra da Lousã. Inserido no o Complexo Natural de Nossa Senhora da Piedade, um vale quase encantado, junto ao rio que ali passa, do qual se destacam as piscinas fluviais e um complexo religioso muito bonito, situado na parte superior que se caracteriza pela existência de um castelo medieval (século XI).




O ambiente do restaurante é muito rústico, lareira e peças decorativas em barro e ferro, fazem deste um lugar acolhedor, aliado à simpatia e profissionalismo dos funcionários.

Abundam os sabores fortes e os ingredientes característicos de uma zona rural que subsiste da conjugação entre a agricultura e a caça, e os produtos de fácil armazenamento: as couves serranas, os tortulhos, o mel, o javali, o feijão frade, a cabra, as abóboras, o bacalhau, todos desempenham um papel fundamental para a confecção dos pratos característicos, cujos nomes, só de os pronunciar, fazem crescer água na boca e o desejo irresistível de os saborear: bacalhau com migas, sopa de castanha, petinga frita com papas laberças, peixe na telha, sarriscos da matança, cabrito grelhado, cosido do talasnal, espeto de boi com arroz de feijão, veado com tortulhos, javali com castanhas, coelho com castanhas … entre outros.






As entradas são também genuínas e de grande qualidade: favas com chouriço, pataniscas, bacalhau e grão, são apenas alguns exemplos do que é servido antes do prato principal.


E as sobremesas ... é melhor nem dizer nada, basta verem a fotografias. No entanto algumas delas tem nomes bem interessantes: pêra bêbeda, papos de anjo, seios de noviça, farófias, requeijão com mel, requeijão com doce de abóbora, tigelada lousanense, pudim de mel e castanhas, migas de abóbora com amêndoa ...





Related Posts with Thumbnails