Carris Arte em Movimento

6 Jan 2010 | 30 Jun 2010 [Lisboa]

4 PROPOSTAS | 4 ARTISTAS

Alexandre Farto | Ascensor da Bica
Vasco Araújo | Ascensor do Lavra
Susana Anágua | Ascensor da Glória
Susana Mendes Silva | Elevador de Santa Justa

Carris junta-se aos criadores contemporâneos através de um programa que visa estabelecer um compromisso da Carris com a arte contemporânea portuguesa e que consiste num desafio lançado a quatro artistas portugueses para intervirem sobre os Elevadores da Bica, Glória e Lavra e Elevador de Santa Justa, na perspectiva de estabelecerem uma ponte entre um passado de histórias e vivências com o presente e o futuro.
São quatro propostas que despertam os sentidos para uma nova paisagem urbana de bairros históricos alfacinhas, através da (re)descoberta destes quatro emblemáticos veículos, classificados como Património Nacional. Mais do que servir a mobilidade de pessoas ao longo de gerações, estes equipamentos amarelos caracterizam a memória visual de Lisboa e proporcionam experiências inesquecíveis a todos aqueles que nos visitam. Esta iniciativa é também um desafio aos habitantes locais que, ao longo de seis meses, terão a oportunidade de conviver com um novo vizinho de sempre.
Propostas diferentes tal e qual como têm sido as suas utilizações e percursos que ligam dois pontos, a partida e a chegada, o passado e o presente, e que ganham agora uma nova atracção através da intervenção destes quatro artistas.

Alexandre Farto
Os ascensores da Bica fundiram-se com a rua que os acolhe. Os dois elevadores da Bica já não são amarelos como todos os outros. Pelo menos até ao fim de Junho. A intervenção de Alexandre Farto (n.1987, Lisboa) reveste toda a superfície exterior dos ascensores de uma película "espelho" ("Espectro" é o título da obra). Quem anda pela conhecida rua íngreme vê agora a rua e a sua própria imagem reflectida nos elevadores.

fotos de Susana Pomba

Susana Anágua
A ciência é mais uma vez o ponto de partida de Susana Anágua (n.1976, Torres Vedras). A artista colocou lentes no topo da calçada que reforçam o exercício mecânico da troca de forças entre os dois ascensores. A experiência é exterior e quando olhamos pelas lentes colocadas estrategicamente temos que esperar a altura perfeita - o momento em que os dois ascensores se cruzam na Calçada da Glória.

foto de Susana Pomba

Vasco Araújo
Este artista propõe reflectirmos acerca da viagem enquanto subimos o ascensor do Lavra. Vasco Araújo (n.1975, Lisboa) criou um local de reflexão - placas verdes de borracha com frases estão colocadas pelos bancos do ascensor do Lavra. Os passageiros podem sentar-se em cima da obra mas também, e principalmente, ler e reflectir acerca do tema da viagem nas diversas citações, escritas pelo próprio artista mas também por autores como Cesare Pavese, Fernando Pessoa ou Samuel Beckett.

fotos de Susana Pomba

Susana Mendes Silva
Ao subir o conhecido Elevador de Santa Justa podemos ler nas janelas o convite à interacção de Susana Mendes Silva (n.1972, Lisboa). A artista quer que cada passageiro partilhe as suas experiências e imagens num blog criado especialmente (http://santa-justa.blogspot.com/). A carta que lemos nas janelas está traduzida em muitas línguas (8) para que todos os turistas possam também participar.

foto de Susana Pomba

Fonte: http://www.carris.pt/