O sapato ...

... mais caro do mundo é uma criação de Roger Vivier.


Este sapato, que pertencia a um par desenhado em 1962 especialmente para a princesa Soraya, natural da Pérsia e que foi casada com o último Shah do Irão, foi vendido em Paris por 19,750 euros, sendo apontado como o mais caro do mundo já arrematado num leilão, segundo diversos sites internacionais. 

É um sapato do estilista Roger Viver, e possui pedras semi-preciosas (topázio) e detalhes em prata. Roger Viver já desenhou peças para celebridades como John Lennon, Brigitte Bardot, Yves Saint Laurent e Elizabeth Taylor ...


Este sapato foi adquirido pela Maison Roger Vivier, uma vez que a instituição está a tentar comprar peças desenhadas pelo estilista desde os anos 50 de modo a garantir que as peças não se deteriorem nas mãos de coleccionadores.