A "petite portugaise" ...

... cresceu e chama-se Maria da Conceição Tina.

© Paulo Pimenta/Público

No Público saiu uma reportagem sobre Maria da Conceição Tina, a "petite portugaise", fotografada nos anos 60 num bairro de lata de Paris, por Gérald Bloncourt. Quarenta e cinco anos depois, a menina reconheceu-se na imagem. Chama-se Maria da Conceição e é professora na cidade de Coimbra.

Gérald Bloncourt foi um dos fotógrafos que mais contribuiu para denunciar as condições sub-humanas em que viveram muitos milhares de portugueses que passaram a salto para França na década de 60 à procura de uma vida melhor.

A imagem da menina percorreu o mundo e chegou mesmo a ser exibida, em 2008, na exposição "Por uma Vida Melhor" (no museu Berardo, em Lisboa), da autoria de Bloncourt e dedicada aos milhares de emigrantes portugueses que na década de 60 tentaram a sua sorte em França.

© Paulo Pimenta/Público

Maria da Conceição Tina, intrigada com a imagem onde se reconhecia (apesar de não recordar o momento da fotografia), quis,este ano, confirmar se seria mesmo ela a menina fotografada. Foi até Paris, encontrou-se com o fotógrafo, e (re)confirmou a sua identidade, identificando o bairro de lata de Saint-Denis onde vivia com o seu pai, a sua mãe e o irmão.

Uma história sobre a vida da mulher que se reencontrou numa imagem e descobriu que é um ícone da luta de várias gerações de portugueses e portuguesas por uma vida melhor.

Fonte: Público