Marina Abramovic & Ulay

... o reencontro passados 23 anos ...

 
Marina Abramovic é considerada por muitos uma das artistas mais polêmicas da atualidade, tendo iniciado a sua carreira na década de 70. O seu trabalho figura em numerosas coleções públicas e privadas, além de contar com participações nas mais importantes mostras de arte internacionais. As suas obras são na sua maioria recheadas de imagens fortes e numa temática nitidamente ligada ao sexo e aos limites do corpo humano. Marina Abramovic é conhecida hoje em dia como “a avó da arte de performance”.

Estudei o seu trabalho já há uns anos, e hoje no blog da Náná fiquei a conhecer este comovente video que mostra como o olhar revela os nossos sentimentos ...

"Nos anos 70, Marina Abramovic viveu uma intensa história de amor com Ulay. Durante 5 anos viveram num furgão realizando todo tipo de performances. 
Quando sentiram que a relação já não valia aos dois, decidiram percorrer a Grande Muralha da China; cada um começou a caminhar de um lado, para se encontrarem no meio, dar um último grande abraço um no outro, e nunca mais se ver. 
Vinte e três anos depois, em 2010, quando Marina já era uma artista consagrada, o MoMa de Nova Iorque dedicou uma retrospectiva a sua obra. Nessa retrospectiva, Marina compartilhava um minuto de silêncio com cada estranho que sentasse a sua frente. Ulay chegou sem que ela soubesse... e foi assim."